I CONGRESSO NACIONAL DE TECNOLOGIA AMBIENTAL Sustentabilidade e Bioeconomia _____________________________________ 23 a 24 de outubro de 2018 _____________________________________ UFF – Volta Redonda, RJ.

PALESTRANTES

Profa. Dra. Adelir Aparecida Saczk (UFLA)

Palestra: “Eco Universidade: Plano Ambiental para uma Universidade Sócio-ambientalmente Correta”

Possui graduação em Química Licenciatura e Bacharelado pela Universidade Federal do Paraná (1996), mestrado em Química pela Universidade Federal do Paraná (2000) e doutorado em Química pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (2005). Atualmente é professora Associado III da Universidade Federal de Lavras. A partir de maio de 2016 é Coordenadora do Curso de Pós-Graduação em Agroquímica e Coordenadora do Laboratório de Gestão de Resíduos. Atua na área de Eletroquímica e Cromatografia, na quantificação de interferentes químicos via modificação de superfícies de eletrodos e desenvolvimento de procedimento de amostragem em matrizes ambientais. Em seu currículo Lattes os termos mais frequentes na contextualização da produção científica, tecnológica e artístico-cultural são: técnicas eletroanalíticas, HPLC, álcool combustível, biodiesel, resíduos químicos, agroquímicos, compostos de interesse em segurança alimentar, catálise, catálise heterogênea.
(Fonte: Currículo Lattes)

 

 

Profa. Dra. Ana Alice De Carli (UFF)

Palestra: “Água e Tecnologia”

Doutora e Mestre em Direito Público e Evolução Social. Especialista em Direito Público. Professora do Curso de Direito e do Mestrado em Tecnologia Ambiental da Universidade Federal Fluminense. Coordenadora da Pós – Graduação Lato Sensu em Residência Jurídica – UFF/VR. Pesquisadora do GEMADI/UFF – Grupo de Estudos em Meio Ambiente e Direito. Pesquisadora colaboradora do “Proyecto de Investigaciòn Sustentabilidad y Desarrollo: perspectivas para la construcciòn de um estado de derecho ambiental en Brasil y Costa Rica”, coordenado pelo prof. dr. Carlos E. Peralta, do Instituto de Investigaciones Jurídicas de la Faculdad de Derecho de la Univesidad de Costa Rica.Membro do Conselho Editorial da Editora Lumen Juris. Parecerista de periódicos. Autora de livros e artigos jurídicos. Membro da Comissão de Meio Ambiente da OAB/RJ.

(Fonte: Currículo Lattes)

 

 

 

Profa. Dra. Mariana Devezas Murias (UFF)

Palestra: Transporte e Políticas Urbanas”

Professora Adjunta da Universidade Federal Fluminense (UFF). Doutora em Ciências Jurídicas e Sociais pela Universidade Federal Fluminense com período sanduíche na Universitè Lumière Lyon 2 (2017). Mestre em Ciências Jurídicas e Sociais pela Universidade Federal Fluminense (2011), especialista em Direito Processual pela Universidade Federal Fluminense (2008). Trabalhou como advogada, analista do Jurídico da Caixa Econômica Federal e professora de Direito Processual Civil no Centro Universitário de Volta Redonda – UNIFOA. Membro do Grupo de Pesquisa “Empresa, Direito e Sociedade”, atuando no Projeto “Na Baía Mobilidade é a Barca”, financiado pela Fundação Carlos Chagas, e cujas atividades são desenvolvidas em parceria com membros da Fundação Getúlio Vargas (FGV) e da Universidade de São Paulo (USP). Coordenadora do GEPPIC (Grupo de Estudos em Políticas Públicas, Instituições e Controles). Bolsista da CAPES – PDSE para realização de Doutorado Sanduíche na Université Lumière Lyon 2. Foi membro do grupo de pesquisa Efetividade de Jurisdição/GPEJ-CNPq, junto ao qual foi desenvolvido o projeto de pesquisa euroamericano “Código modelo de jurisdição administrativa”, em parceria com a Universidade Alemã de Ciências da Administração Pública de Speyer (Deutxche Hochschule für Verwaltungswissenschaffen Speyer/DHV).

(Fonte: Currículo Lattes)

 

 

 

Prof. Dr. Nelson Ramos Stradiotto (UFF / UNESP)

Palestra: “Qualidade de Biocombustíveis”

Graduação em Química pela Universidade de São Paulo, Mestre em Físico-Química pela Universidade de São Paulo, Doutor em Físico-Química pela Universidade de São Paulo, Livre Docente em Química Analítica pela Universidade de São Paulo e Professor Titular em Química pela Universidade de São Paulo. Estágios na University of Southampton, UK, Loughborough University Technology, UK e University of Oxford, UK. Atualmente é professor voluntário do Instituto de Química da Universidade Estadual Paulista “Julio de Mesquita Filho” e Professor visitante na Escola de Engenharia Industrial e Metalúrgica de Volta Redonda da Universidade Federal Fluminense. Publicação de 159 artigos científicos, 5 capítulos de livros, 2 livros e 320 trabalhos em anais de congressos científicos. Orientação de 22 teses de doutorado, 30 dissertações de mestrado e 59 trabalhos de iniciação científica. Desenvolvimento de pesquisas nas áreas de Química Analítica e Físico-Química nas especialidades de Eletroquímica e Eletroanalítica. A temática de pesquisa atual está relacionada com Sensores, Detectores Eletroquímicos acoplados com Técnicas Cromatográficas e Métodos Eletroanalíticos na área de Bioenergia, com enfase em Biocombustíveis, Bioprodutos, Biomassa e Biorrefinarias.

(Fonte: Currículo Lattes)

 

 

 

Prof. Dr. Anuj Kumar Chandel

Palestra: “Current challenges and perspectives on the biorefinery commercialization”

Anuj K. Chandel é professor visitante da USP-CAPES e pesquisador na área de Biotecnologia Industrial na Escola de Engenharia de Lorena, Universidade de São Paulo (USP), Brasil. Anuj recebeu seu grau de bacharel, mestre e doutor. pela Meerut University, IIT-Roorkee e JNT University, Hyderabad, Índia, respectivamente.

Antes de ingressar na USP-Lorena, o Dr. Chandel trabalhou como Cientista Líder no Centro de Tecnologia Canavieira (CTC) – Piracicaba, Brasil e foi responsável pela liderança científica na implantação do processo de etanol celulósico na planta de demonstração e atividades de expansão. O pesquisador possui 17 anos de experiência em pesquisa trabalhando em indústrias e universidades com produção de biocombustíveis, produção de enzimas industriais e separações baseadas em membranas. Ele publicou 58 artigos em revistas especializadas e 30 capítulos de livros. Também co-editou 7 livros sobre Xilitol, Degradação Sustentável da Biomassa Lignocelulósica, Desenvolvimento de Biocombustíveis no Brasil, Desenvolvimento de Biocombustíveis Indianos, Extremófilos, Biorrefinaria de cana-de-açúcar e Fontes sustentáveis de energia: Recursos enzimáticos. Suas contribuições abrangem os domínios da ciência da biomassa, biotecnologia e política, e incluem o desenvolvimento sustentável de biocombustíveis e bioquímicos, sob o conceito de biorrefinaria.

 

 

Prof. Dr. Pedro Curvello Saavedra Avzaradel (UFF)

Palestra: “Democracia Ambiental e os Avanços na América Latina”

É Pós-doutor em Direito Ambiental pela Universidade Paris I (2017), Doutor em Direito da Cidade pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ, 2012), Mestre em Sociologia e Direito pela Universidade Federal Fluminense (UFF, 2008) e Bacharel em Ciências Jurídicas e Sociais pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (FND/UFRJ, 2005). Professor Adjunto da UFF, desde 2014 atua no Curso de Direito do Polo Universitário de Volta Redonda, sendo um dos lideres do Grupo de Estudos em Meio Ambiente e Direito (GEMADI) e ministrando as disciplinas Direito Ambiental e Direito Florestal. Integra desde 2015 o quadro permanente do Programa de Pós-Graduação em Direito Constitucional da mesma Universidade (PPGDC/UFF). Autor do livro “Novo Código Florestal: enchentes e crise hídrica no Brasil”(2016), participou da organização de algumas obras coletivas, destacando-se as seguintes: “Democracia Ambiental na América Latina: uma abordagem comparada”(2016), “Questões Socioambientais na América Latina”(2016), “Constituição, Crise Hídrica, Energia e Mineração na América Latina”(2016), “O Estado Regulador no Cenário Ambiental” (IDPV, 2017) e “Climate Change, Environmental Treaties and Human rights” (2018). Atua principalmente com os seguintes temas: mudanças climáticas, tutela das florestas, Direito Ambiental na sociedade de risco, Democracia Ambiental e Direito Constitucional Ambiental. Atualmente, pesquisa os aspectos jurídicos das relações existentes entre a proteção das florestas, a produção de energia e as alterações no clima.

(Fonte: Currículo Lattes)